domingo, 14 de setembro de 2014

FALANDO DE FÍSICA...

 
 
Ó vizinha Ingélica, venha cá! Que é que está para aí a fazer sozinha? A pensar na vida?
Ora deixe-se disso, pegue na renda e venha até cá!
 
 
  
                                                 ............................................
 
Tareco... Bes... bes... bes... Raios parta o gato que ainda me foge para a rua! Olha que não vou à tua procura, quero que te lixes!... Anda... lindo... vai p'ra tua caminha...
 
 
                                                ...............................................
 
 
Entre e vamos ali para o nosso cantinho. Já, já acabei as malhas e agora vou fazer umas rendinhas para as cortinas novas da cozinha. Veja... Não são lindonas?... Vossemecê bem sabe como eu gosto de fazer estas coisas!
 
Não tenho dedicado tanto tempo a isto porque tenho andado a estudar física.. Física, sim, mulher, qual é o espanto? Ou não sabe o que é física? Olhe é tudo o que estuda o físico por dentro e por fora! Pére aí, não me atrapalhe! É assim, sim senhora! Eu cá sou boa aluna, óviu? Ora essa!
 
Então é assim: a física, como eu ia dezendo, estuda o físico por dentro e por fora. O pior é que a coisa vê-se melhor é por fora... É que essa alma de chicharro (estou a referir-me à dita cuja física) tem uma amiga inseparável, uma tal de Gravidade, que é uma peste! E tudo isto por causa dum gaijo chamado Niutón que foi que a descobriu... O madraço gostava de se deitar à sombra da macieira e dormir a sua soneca... Vai daí, um dia... záz! Cai-lhe uma maçã na tola e logo ele começa para ali a inventar que os corpos isto, que os corpos aquilo... e pronto, começa a merda! Nunca mais nos vimos livres dessa gaija que, ainda por cima, tem a mania de puxar por tudo. Mas se ainda puxasse para cima... Mas não!!! Puxa tudo para baixo!!! Ai não, nunca viu? Nem precisa de vê-la, veja só os estragos... Olhe, debruce-se sobre um espelho veja o que lá está! A sua cara? É a sua cara é, mas já com as bochechas caídas qué uma desgraceira! Ah, mas não acontece só com a cara... também com o resto do corpo... Ah, pois, porque é que elas vão pôr silicone? Aaaaaaah... Demorou a perceber, chiça! Pois é, cai tudo para baixo e inté a nossa pachorra  praguentar este fadário! Raios parta o homem! Dormisse, comece as maçãs, fosse para o raio que o parta, mas deixasse essa peste ficar onde estava!
 
Calcule, que enquanto nós estamos aqui, tão sossegadinhas, sem nos metermos sem ninguém, a ordinária anda a desafiar-nos, mesmo debaixo dos nossos pés!  Bem dizia a minha avó que os trabalhos se alevantam de debaixo dos nossos pés! E tinha rezão! Mas eu só me apercebi disso agora que ando a estudar física, sabe lá... Dantes era muito nova, não ligava...
 
Mas o tipo ainda não se ficou por ali...  Como era muito espertinho, faz lá uma fórmula para calcular os estragos... Só há uma coisa que eu não percebo... Ele diz que os corpos se atraem na razão direta das massas e na inversa do quadrado distâncias... Não estou a armar-me em sabida, porra, estou a citar do livro... Mas como ia dizendo... . Ora , sinceramente, não sei oque é que as massas têm a ver com isto! O meu esparguete, por exemplo, é para aqui chamado? Não lhe chega a maçã ?! E o quadrado das distâncias? As distâncias não se medem em quadrados, tal tá a porra! Não é preciso ser muito esperta para saber que só se medem em linha reta, aos ziguezagues e, quando muito, em linha curva. Espera aí, não me atrapalhe o raciócinio... Pronto, eu explico!
 
Então é assim :em linha reta a distância a distância é mais curta porque sempre podemos dar uma corridinha ou um saltinho e chegamos lá mais depressa; aos ziguezagues é assim... sexta-sábado-domindo lá chego; às curvas, quando fazemos como o meu Tareco, que, de vez em quando se alevanta, dá muitas voltas e deita-se para o mesmo lado. É ou não, criatura? Diga-me lá se não estou a ver bem a coisa?! Ó faxavor, não me venha cá com tretas! Assim também eu era uma grande cientista! Mas também lhe digo: não precisava duma maçã para fazer tal descoberta!
 
Não senhora, não estou a tirar-lhe o valor! Sabe-se lá o problema que o homenzinho terá arranjado por causa da maçã! Já parecia o outro... O Adão, mulher, o Adão!!!
 
Pois é, e é por causa dessas e doutras que nós andamos aqui raladas com cremes e outras merdices do género... Ninguém me tira cá da cabeça que a gaija da Gravidade tem contrato com... Só gostava de conhecer essa tipa... Secalha não tem nem uma ruguinha, filha da p... Pronto, já me calei!... É como o Lavuásiér... Naqueles tempos havia uns gajos com uma pancada bem repenicada... Esse descobriu a tal da Impulsão. E dizem eles que não podem passar sem mulheres... Bem, mas essa pelo menos puxa para cima... Então no que é que ficamos?! Ai a merda! Andam a gozar c'agente, ou quê?... Uma mulher estuda estas coisas só para andar com a cabeça à razão de juros! Se paga juros?... Olhe, não me chateie que eu já estou a deitar fumo pelas ventas... O quê? Ai isso é vossemecê que é muito conservadinha... Mas olhe, já lá dizia a minha mãe que o que não tem remédio, remediado está... Temos de dar a mão à palmatória, quer a gente quera, quer não... O quê?! Ó vizinha, você dá comigo em maluca! Veja se percebe o que lhe digo porque já estou a ficar chateada...
 
Depois também estou preocupada com umas coisas. Hoje não digo... Já estou a ficar sem corda... Sim, porque isto dá-nos cabo da nossa massa cinzenta.... Ai a sua não é cinzenta... Não, deve ser cor-de-rosa... Só podia... Deve de ser de sonhar tanto... Vai lá, vai, quinté a barraca abana...  Não quer mais conversas? Tá visto que nem toda a gente tem inteligência à medida para perceber de física... Então vou buscar o chazinho e umas torradas, tá bem? Pelo menos ficamos com a alma mais confortada! Eu já volto...
 
                                                    .........................................
 
Pronto, já cá estou! Foi depressa? Eu sou muito despachada...
 
Ai... ai... ai... Ai a merda!!! Lá foi isto tudo  p'ró chão!!! Raistaparta a Gravidade que resolveu vingar-se! Grande p.... Pronto, já me calei! Mas também não sou mulher de desistir! Vou fazer outro chá e prontos! Uma mulher atrapalhada é pior que um polícia bêbado, nunca óviu dezer?
Não me diga mais nada que  já estou a ficar azeda... Com azia?... Olhe, vá mas é ver se estou lá fora! Tal tá a porra, tal tá ela... venha cá, criatura, não se vá sem tomar o chá! Ai esta mulher toma tudo à letra... Vá... sente-se la que eu já volto... Olhe, até o meu Tareco se levantou, coitadinho...

1 comentário:

  1. Esta vizinha é muito instruída, fala pelos cotovelos, mas é chique toma o chá das cinco e sabe fazer crochet, é muita divertida, oa outra é que na deve ser lá grande coisa, lev tudo a sério a p... bem já me vou né que eu na goste de conversar, mas tenho um bolo no forno e o mê Tónho à espera inté...bjs

    ResponderEliminar